Uma das grandes dificuldades que muitos pais enfrentam é conseguir acabar com o uso da chupeta e mamadeira pelos filhos. As mães podem até se sentir culpadas em alguns momentos quando precisam retirar esse hábito dos pequenos, que acabam chorando por conta disso. Mas não se preocupe. Essa situação não precisa ser um trauma nem para você, nem para a criança.

A seguir, apresentaremos algumas informações importantes sobre esse comportamento, informando como é possível facilitar a retirada desses itens do dia a dia da criança e quais os riscos que o uso prolongado pode acarretar para o futuro. Confira!

Quando devo retirar a chupeta e mamadeira?

Essa é uma dúvida bastante comum, mas facilmente sanada. Segundo orientações da Associação Brasileira de Odontopediatria e também do Ministério da Saúde, o ideal é que, aos 3 anos, a criança já não esteja mais usando nenhum desses objetos. Porém, isso não deve ser feito de forma abrupta.

O recomendado é que essa retirada comece aos 2 anos de idade para que seja um processo gradual e mais natural. Mesmo que o seu filho continue usando a chupeta ou mamadeira durante esse período, é possível corrigir possíveis problemas da arcada dentária.

Como posso fazer essa remoção?

Retirar esses itens da criança costuma causar muito choro e confusão dentro de casa. Mas você pode seguir algumas dicas que vamos te passar agora e que vão te ajudar bastante.

1. Não deixe o acessório em um local visível

O seu filho deixou a mamadeira e a chupeta de lado para comer. É a hora de aproveitar a oportunidade e deixar esses acessórios longe dos olhos da criança. Se ao terminar de comer seu filho sentir falta do objeto, comece a distraí-lo com outras coisas, como, por exemplo, lendo uma história. Isso ajuda a prolongar o máximo de tempo sem esses objetos.

2. Mostre que isso é uma grande conquista

Para os pais, pode ser difícil perceber que o seu bebê está crescendo e que o momento de largar a chupeta e a mamadeira já chegou. Mas eles não devem passar esse sentimento para os filhos, muito pelo contrário. Devem se mostrar estimulados e felizes por essa nova conquista da criança e dizer isso a ela, por exemplo, explicando que ela acabou de vencer um grande desafio.

3. Tenha paciência

A retirada desses acessórios do convívio da criança não é uma receita de bolo e não tem um tempo determinado para acontecer. Portanto, o melhor a fazer é exercitar a sua paciência. Cada um tem o seu próprio tempo e, se as medidas certas forem tomadas, não há com o que se preocupar.

4. Seja firme

Talvez essa seja a parte mais difícil para os pais. Ver os filhos chorando por causa de algo que eles podem oferecer facilmente é tentador, mas você precisa ser mais forte. Pense que está fazendo o melhor pela criança e que, no futuro, haverá menos problemas.

Quais são os efeitos do uso prolongado?

Alguns problemas podem ser gerados se a criança continuar usando a chupeta após os 3 anos, que é a idade limite. Isso afeta, principalmente, a arcada dentária e a mordida que, além de problemas estéticos, também pode causar problema na fala, deglutição, mastigação e até mesmo respiratórios.

Você já conseguiu tirar a chupeta e mamadeira do seu filho? Como foi? Deixe um comentário contando a sua experiência e quais estratégias você usou!

Download my app

 

Assine nossaNewsletter

Join our mailing list to receive the latest news and updates from our team.

You have Successfully Subscribed!