Os cuidados bucais são muito importantes para a saúde do bebê, e devem fazer parte da rotina desde cedo. Apesar da dentição de leite começar a nascer a partir dos 6 meses, é aconselhável que as mães já comecem a higiene bucal, limpando as gengivas, boca e língua desde os primeiros dias. Isso evita a proliferação de bactérias e ajuda o bebê a se acostumar com esta atividade, fazendo com que ele seja uma criança saudável e um adulto consciente com a sua saúde bucal.

Mas assim que os primeiros dentinhos começam a aparecer, os cuidados devem ser mais frequentes. Confira, neste post, os 4 cuidados fundamentais com a dentição de leite do seu bebê.

1 – Escove corretamente os dentes do bebê

Utilize uma escova própria ou uma dedeira — muitas mães acham a dedeira mais fácil de usar, principalmente nos primeiros meses de vida, quando ainda não nasceram os primeiros dentes e não é necessário o uso de pasta de dente. Vale lembrar que a dedeira deve ser muito bem lavada e esterilizada a cada uso.

Com o nascimento do primeiro dentinho, continue com a dedeira ou comece a escovação com a escova própria para bebês — com uma quantidade mínima de pasta de dente sem flúor. Os dentes devem ser escovados duas vezes por dia, com movimentos suaves, dentro e fora dos dentes, e não se esquecendo da língua. No início, não é necessário enxaguar mas, assim que o bebê aprender a cuspir, crie este hábito. O uso de pasta de dentes com flúor, só é recomendado quando seu filho fizer 4 anos.

2 – Evite a cárie

Se for necessário dar ao bebê leites comerciais ou, quando ele começar a ingerir outros líquidos como sucos, é hora de redobrar o cuidado com a cárie. O perigo aqui é a frequência e o tempo de exposição ao açúcar destes alimentos, por isso a importância de sempre fazer a escovação na dentição de leite e não deixar a criança adormecer com o líquido na boca ou após ter mamado sem fazer a higiene.

3 – Faça visitas regulares ao dentista

A saúde do bebê também depende dos hábitos dos seus pais. Logo, acostume-se a levar seu filho ao dentista com você, para ele se habituar ao ambiente e seus ruídos. Os profissionais recomendam que a primeira consulta aconteça tão logo os primeiros dentes apareçam ou ao completar 1 ano. O histórico familiar de cáries e a alimentação da criança determinarão a frequência de visitas ao dentista.

4 – Previna o desalinhamento dos dentes

O cuidado que você terá com os dentinhos do bebê podem garantir que ele não use aparelho ortodôntico no futuro. O uso excessivo de mamadeira e, principalmente, da chupeta, são as principais causas de correção dentária e podem, inclusive, causar problemas de mastigação e dor de cabeça. Evite ao máximo a chupeta, e fique de olho em hábitos, como chupar o dedo e ficar de boca aberta. Caso perceba qualquer sinal, procure um especialista para ajudar a corrigir o problema imediatamente.

A formação de uma criança saudável depende dos hábitos passados pelos pais. Muitas vezes, a saúde do bebê é vista apenas em relação ao seu desenvolvimento físico, mas os dentes são de suma importância para o crescimento saudável da criança e do adulto que ela se transformará. A dentição de leite é o estagio inicial que proporcionará a descoberta de um mundo de sabores e sensações através do prazer da alimentação.

Gostou das nossas dicas? Confira este post que preparamos com dicas para escolher um bom pediatra!

Baixe também nosso aplicativo (App) nas lojas Apple Store e Google Play

Assine nossaNewsletter

Join our mailing list to receive the latest news and updates from our team.

You have Successfully Subscribed!