Sempre ficamos animadas com as primeiras vezes dos nossos filhos: a primeira palavra, os primeiros passos, o primeiro tombo, a primeira risada. Toda primeira vez é uma experiência que carregamos para sempre.

Algumas são mais prazerosas que outras, mas todas acabam mostrando, com o tempo, a sua importância. O primeiro dia de aula do filho pode gerar muita ansiedade e preocupação, mas é importantíssimo para o desenvolvimento da criança como indivíduo, além do nosso próprio aprendizado como pais.

É normal ficar ansiosa, não se sinta envergonhada pelos seus anseios. Muitas mães já passaram por isso e você não está sozinha nessa situação. Neste post, selecionamos algumas dicas para você enfrentar o primeiro dia de aula do filho sem problemas. Confira!

Você vai se sentir culpada por deixar seu filho com estranhos

E isso não quer dizer que você seja uma pessoa ruim. A culpa é a referência cultural para determinar quem é uma grande mamãe.

Ela demonstra que você se preocupa e se importa com seu filho. É um sentimento normal, mas deve ser contornado para não gerar problemas futuros na relação entre você e a criança.

Conheça os professores com antecedência, veja os espaços da escola e converse com outras mães para se sentir mais confiante no primeiro dia de aula do filho.

Você pode sentir vontade de chorar, mas deve se conter

Muitas mães ficam emocionadas ao deixar o filho na porta da escola no primeiro dia. Para muitas, é o primeiro grande momento de separação. Por isso, surge a vontade de chorar. É comum, mas não é benéfico para a criança.

Nossos filhos se espelham no nosso comportamento para entender como reagir a situações que não conhecem. Ao vê-la chorar, ele pode entender que esse é um momento ruim e isso pode prejudicar na adaptação à escola.

Você deve mostrar para o seu filho que a escola é um lugar divertido e prazeroso e que você está feliz por ele.

Uma forma de minimizar o impacto da separação é criar momentos para você — pode ser um jantar com o marido, um cinema com as amigas — e contratar uma babysitter para ficar em casa. Dessa forma, você e seu filho vão estar mais acostumados a passar momentos separados.

Você vai querer buscar outras formas de ocupar o tempo

A sensação de inutilidade geralmente surge quando percebemos que não estamos mais sendo necessárias aos nossos filhos integralmente. Isso pode ser um bom incentivo para buscar novas atividades. Mas tenha cuidado e não se empolgue.

Não é legal sair se voluntariando para várias atividades e, depois que a sensação de culpa ou de inutilidade passar, abandonar esses compromissos.

Comece a pensar desde já quais são as coisas que quer realmente fazer e não consegue por não ter tempo. Mesmo que sejam coisas só para você: fazer academia, começar um curso de extensão, investir em uma nova carreira.

O tempo do seu filho na escola equivale ao tempo que você terá para se dedicar mais a você e isso não é nada ruim.

Acima de tudo, lembre-se de que o primeiro dia de aula do filho é uma em uma longa fila de estreias da vida dele. Seu filho está iniciando a aventura de uma vida inteira e você pode curtir essa grande aventura com ele de forma leve.

Gostou das nossas dicas? Que tal compartilhar este post nas redes sociais para trocar experiências com outras mães e se preparar ainda mais para esse momento?

Download my app

Assine nossaNewsletter

Join our mailing list to receive the latest news and updates from our team.

You have Successfully Subscribed!