Um dos maiores desafios enfrentados pelos pais é a educação dos filhos. Nem sempre eles sabem ao certo como se comportar e o que fazer efetivamente para obter sucesso nessa iniciativa.

Para minimizar os erros e realmente alcançar os objetivos propostos é interessante que os pais busquem o máximo de informações e procurem encontrar respostas nas experiências vividas por outras pessoas.

Foi pensando em colaborar nesse sentido que listamos, neste post, mitos e verdades sobre a educação dos filhos. Confira!

A sujeira ajuda a criança a criar anticorpos

Isso é um mito. Na realidade brasileira, com a precariedade dos serviços de saneamento básico, permitir a exposição das crianças a sujidades é expô-las a diversas doenças perigosas.

As crianças não possuem um sistema imunológico muito resistente e o contato constante com a sujeira pode ser fatal para elas, especialmente nos 6 primeiros meses de vida — estendendo-se até os 2 anos de idade.

Lembre-se: a higiene é fundamental para o desenvolvimento saudável da criança.

Os pais têm condições de ajudar na formação da personalidade dos filhos

Isso é verdade. Psicologicamente falando, a criança passa por um intenso processo de formação da personalidade até os 6 anos, tempo em que a presença dos pais é fundamental.

Não é por mero acaso que, nesse período, muitas mães tomam a decisão de deixar o emprego e se dedicar integralmente à educação dos filhos. A intervenção dos pais é de extrema importância nesse sentido.

Não é sadio para a educação dos filhos ver os pais discutindo

Igualmente, é verdade. Infelizmente muitas pessoas não têm essa compreensão, mas as discussões dos pais abalam profundamente os filhos e causam transtornos na personalidade, no comportamento e em diversas outras áreas da vida.

Para evitar esses problemas, os pais devem se resguardar ao máximo e deixar para resolver suas diferenças longe dos filhos, ajudando-os a viver em um ambiente de harmonia e paz.

Os pais devem tratar todos os filhos da mesma maneira

Mito. Isso não é saudável para a educação dos filhos porque eles são diferentes. Quando os pais tentam tratar os filhos da mesma maneira, querem dar-lhes amor e carinho de forma igualitária, mas, na verdade, inconscientemente estão rotulando-os como se fossem padronizados, o que é um erro.

Cada filho deve ser tratado de acordo com suas peculiaridades e da melhor forma para a formação do seu caráter e da sua personalidade.

Jogos eletrônicos ajudam no desenvolvimento intelectual da criança

Verdade. Os jogos eletrônicos são importantes aliados no desenvolvimento intelectual das crianças, auxiliando-as no desenvolvimento da inteligência e na capacidade de resolver problemas com raciocínio lógico.

Nesse caso, é interessante que os pais sejam intermediários dessa relação e acompanhem o processo para não ocorrer a desvirtuação dos verdadeiros objetivos.

Criança criada com babá possui falhas na personalidade

Mito. As babás/babysitters são profissionais que assumem a responsabilidade de cuidar dos filhos alheios por determinado tempo (às vezes por anos), e chegam a ser o braço direito dos pais quando eles possuem tempo escasso.

Contratar bons serviços de babá/babysitter é o que faz a diferença para o desenvolvimento sadio da criança. Muitas famílias têm experiências ruins porque contratam pessoas despreparadas, sem efetiva responsabilidade com o serviço.

As famílias que contratam profissionais competentes sempre apresentam relatos de satisfação e recomendações dos serviços prestados.

A televisão afasta a criança dos livros

A afirmação é verdadeira, mas merece ressalvas. Quando utilizada de maneira errada, a televisão é uma arma contra a educação dos filhos. Mas se for utilizada de maneira correta, ela é capaz de auxiliar no desenvolvimento intelectual e cultural da criança.

Cabe aos pais impor limites e definir o que será assistido pelos filhos na televisão para que tais problemas sejam sanados.

A educação dos filhos é uma tarefa árdua, mas com responsabilidade e seriedade os pais podem vencer esse desafio. Basta buscarem as melhores alternativas e colocá-las em prática.

E então, gostou do texto? Se você deseja receber outras dicas e indicações sobre a educação dos filhos, não deixe de curtir nossa página no Facebook e seguir nosso perfil no Twitter.

Download my app