Não é raro ouvir pais, mães e outros familiares comentando sobre a infância de suas crianças. “Na minha época que era bom!” — dizem principalmente os avós, que se lembram com carinho das brincadeiras de quando eram crianças. É verdade que as coisas mudaram muito, e as facilidades tecnológicas somadas à falta de segurança e à correria da vida moderna afastaram as crianças das brincadeiras mais simples, na rua e no quintal de casa. Mas os pais podem virar a mesa e enriquecer a infância de seus filhos, de maneiras simples e divertidas.

Que tal ensinar a eles 6 brincadeiras de criança do tempo da vovó que eles vão adorar? Confira!

Pular corda

Uma brincadeira simples que permite gastar muita energia e se divertir: você só precisa de uma corda — e um ponto de apoio, se a criança não quiser pular sozinha. É um ótimo exercício, favorece a coordenação motora e, de quebra, ainda acrescenta várias músicas clássicas ao repertório dos seus filhos: “Salada, saladinha, bem temperadinha…”.

Amarelinha

Já existem tapetes com o desenho da amarelinha, que podem ser usados dentro e fora de casa, mas fazer a marcação com fita crepe ou giz de lousa também funciona e permite boas horas de brincadeira. Basta jogar uma pedrinha (ou tampinha) em uma das casas e pular pelas outras até completar o circuito. Vale pelo exercício e pelo desafio, além de desenvolver o equilíbrio e a agilidade do pequeno.

Queimada

Essa brincadeira é perfeita para distrair várias crianças ao mesmo tempo, e permite gastar energia e se divertir muito — e tudo que você precisa é uma bola. As crianças devem formar dois times, e o objetivo é arremessar a bola para “queimar” um integrante do time oposto. Tomados os devidos cuidados para evitar machucados, o jogo de queimada é um ótimo exercício para treinar arremessos e controle de força.

Ciranda

A diversidade cultural do nosso país não pode ser esquecida durante as brincadeiras de criança, e as cirandas são um bom exemplo disso. Esse tipo de brincadeira cantada desenvolve a criatividade, os relacionamentos sociais, a coordenação motora e a percepção musical. E o que é melhor: costuma agradar crianças de várias idades.

Cinco Marias

Para jogar cinco marias é necessário apenas concentração, coordenação motora e cinco saquinhos de tecido recheados de arroz, ou mesmo cinco pedrinhas. O jogo é simples, mas desafiador: basta jogar o saquinho para cima e pegar o outro antes que ele caia em sua mão. A dificuldade vai aumentando a cada vez — na segunda rodada, você precisa pegar duas pedrinhas (ou saquinhos).

Caça ao tesouro

O prêmio pode ser um chocolate, algumas balas ou até mesmo um brinquedo simples — nesse caso, a diversão fica por conta da busca, muito mais do que pelo presente. Você pode desenhar um mapa do local, indicando alguns pontos de referência (árvores, móveis, cômodos da casa) e colocar um X no local do prêmio. Ou pode preparar várias pistas, e cada uma deve levar à próxima, até que finalmente alguém encontre o tesouro.

E você, lembrou de alguma brincadeira da sua infância que possa ser ensinada para os seus filhos? Compartilhe este post em suas redes sociais e dê estas dicas para outros pais!

Baixe também nosso aplicativo (App) nas lojas Apple Store e Google Play

Assine nossaNewsletter

Join our mailing list to receive the latest news and updates from our team.

You have Successfully Subscribed!