Esse post é baseado no post do portal Paternidade.

Por que a MoMo é um perigo?

Nas últimas semanas, todos nós vimos artigos, postagens frenéticas no Facebook e cobertura televisiva do ressurgimento do “desafio Momo” – uma tendência perigosa na internet que supostamente encoraja as crianças ao autoflagelação e até mesmo suicídio.

A internet é um lugar perigoso, e é importante estar ciente do que está nela, e por que e como seus filhos interagem com ela. No entanto, a maneira como falamos sobre isso, e educamos nossos filhos sobre isso, e compartilhamos notícias sobre ele, influencia diretamente a eficácia dos perigos da Internet, como o Momo.

Quer você fale ou não com seus filhos sobre Momo, lembre-se que eles estão conversando entre si. E é isso que eles ouvem e veem:

  1. Eles ouvem a lenda. Eles ouvem isso primeiro e com mais frequência porque é a notícia mais assustadora e, portanto, mais interessante, para se espalhar. Eles ouvem que Momoé um espírito maligno na internet, e que se você mandar uma mensagem para ela, ela lhe dará instruções, e se você não seguir as instruções, ela virá para sua casa e matará sua família. E, em seguida, Momo instrui você a fazer coisas ruins ou a se ferir. Esta história é quase sempre pontuada com uma imagem apressada da imagem do perfil “Momo” em um celular ou tablet. É corroborado com notícias, manchetes ou boatos sobre crianças reais que se mataram por causa de Momo.
  2. Eles ouvem que o Momo se esconde nos vídeos do YouTube que fazem as crianças se matarem. Isso geralmente se resume a: “Não assista ao YouTube Kids, há gente ruim lá que querem te fazer mal!”
  3. Eles estão o tempo todo nos observando. Eles veem a TV, post no Facebook (sobre o seu ombro), suas mensagens de WhatsApp. Eles vêem os pais mostrando as fotos do rosto “Momo”, perguntando “você já viu isso?”, e em seguida surtandoquando a criança responde “sim”. Eles veem os pais com medo e cochichando sobre o assunto.
  4. Eles ouvem nos avisos, dos professores e outros. Não fale com ninguém na internet, eles podem te machucar! Não vá ao YouTube sozinha(o) ou de jeito nenhum! Na verdade, não use a internet! É perigoso!

Você já foi criança, como você reagiria a tudo isso naquela época? Não, não é diferente, eles ainda são crianças e nos controlamos o conteúdo que eles tem acesso.

Pense como o predador da internet

Agora, coloque-se no lugar de um predador da internet. Você sabe exatamente do que as crianças têm medo. Você sabe que, se eles estão na internet, não é porque eles não ouviram falar sobre isso, é porque eles não acham que isso vai acontecer com eles.

Lembre-se, você já mostrou a foto da Momo para seu filho(a), perguntou para seu filho se já tinha visto e o pior de tudo: Você demonstrou medo!

Quando o predador diz a uma criança pela internet: “Eu sou Momo, posso te ver, vou até sua casa e mato sua família a menos que você faça exatamente o que eu digo”, eles farão o que quiserem. Eles concordarão em não contar a ninguém que estão falando com você. Eles vão dar informações pessoais. Qualquer coisa que o predator pedir.

Converse abertamente com seus filhos.

Momo não é um demônio, ou um monstro ou um fantasma. É uma ideia que as pessoas más usam para enganar outras pessoas, não demônios, não magia. Se você entender que é uma enganação, ninguém te fará mal.

Mãe Pássaro Estátua

A imagem chamada “Momo” não é de uma pessoa. Veja a foto original. Mas antes de mostrar deixe eu te avisar uma coisa, é assustador. É apenas uma estátua. Nunca esteve vivo. É uma escultura chamada “mãe pássaro” feita por um artista japonês. Uma pessoa má achou que era assustador (e é mesmo), e decidiu usar a imagem para assustar crianças e pais.

Em breve nossos filhos terão que navegar pelo mundo por conta própria. E se tudo o que eles sabem é que é assustador, a vida usará o medo deles contra eles.

Então, pais… no final do dia, a escolha é sua do quanto seu(s) filho(s) podem ou não acessar a internet e o quê. Crie regras, estabeleça rotina e principalmente participe, assista junto com eles.

Ensine cautela e não medo. Informe de maneira estruturada, não assuste. Questione tudo que você ler, não engula. Entendido e inescrutável. Pronto.

Leia o texto original pelo link: : https://paternidade.com.br/estagios-paternidade/crianca/momo-e-um-embuste-hoax/(abrir em uma nova aba)