Provavelmente a rotina do seu filho é a seguinte: café da manhã, desenho animado, almoço, escola, fazer as tarefas escolares, jantar, banho, conferir a agenda da escola e a mochila, ir dormir. E assim termina mais um dia para começar outro bem parecido na manhã seguinte.

E se houvesse um jeito de passar mais tempo lúdico com seu filho, sem alterar essa rotina? Que tal no lugar do desenho animado, tirar uma das manhãs para criar brinquedos artesanais com seu filho? Não importa o dia, o importante é que façam juntos. Assim, sempre que ele estiver usando o brinquedo, será inundado por memórias de afeto, diversão, compartilhamento e carinho.

Pensando nisso, no post de hoje trouxemos várias ideias para você fazer brinquedos em casa. Quer saber a parte mais legal? Todos são simples e fáceis de criar, você poderá utilizar os materiais descartáveis! ou que você não usa mais Vamos lá?

1 – Fazendinha e bichinhos

Existem diversos materiais que possibilitam a confecção de animaizinhos e as estruturas de fazendinhas:

  • Garrafas: sejam elas PET, de detergente, ou, ainda, de amaciantes, elas são os materiais mais usuais para fazer os animaizinhos. Isso porque, normalmente, possuem cores atrativas e suaves, como o rosa, verde, azul e amarelo, além do formato que permite à criançada carregar “seu bichinho” de forma confortável pela casa.

Coloque a imaginação para funcionar: crie as pintas de um tigre na garrafa amarela ou, quem sabe, rajadinhos de uma gatinha na garrafa rosa. Não se esqueça de colar a cabeça, previamente desenhada por vocês. Viu como é fácil?

  • Rolhas: sabe as rolhas dos vinhos consumidos no seu momento de descanso? Junte-as! Corte-as em rodelinhas menores e faça um furinho no meio. Terminou? Separe um cordão e chame seus filhos para montar uma cobrinha, uma minhoca, uma centopeia, ou o que a imaginação mandar.
  • Caixas de sucos e leite: agora que os animaizinhos já estão prontos, que tal montar uma casinha para os moradores da fazenda? Ou, ainda, para os animais?

2 – Carrinhos, trenzinhos e mini cidades

Se sábado passado as garrafas e as caixas vazias se transformaram em animais, que tal neste transformá-las em carros, prédios e casas? Gostou da ideia? Se sim, mãos à obra.

  • As garrafas de detergente, que são menores, podem se transformar em carros e caminhões.
  • As caixinhas de leite, de sucos e de sapatos em prédios e casas. Para completar, façam ruas com fita crepe.

Essa é uma ótima atividade para seu filho desenvolver as percepções de proporções e formas. Terminaram? Uma boa ideia é batizar a cidade com o sobrenome da família.

3 – Teatros

Se seu filho é louco por contação de histórias, ele vai amar essas dicas. Separamos duas possibilidades de envolver os pequenos na confecção de brinquedos para a hora do “faz de conta”.

  • Máscaras: sabe aquelas bandejas e pratos descartáveis que ficaram sobrando das últimas festas? Então, agora eles já têm utilidade. Disponibilize tintas a base de água e canetinhas e auxilie seus filhos a transformarem esses materiais nas máscaras de seus super-heróis ou personagens favoritos. Caso sejam crianças muito novas, as máscaras podem ser mais simples, como sapos, flores, cachorros e gatinhos.
  • Teatro de fantoches: nesse caso, o cenário do teatro pode ser feito em uma caixa vazia. Já os personagens, podem ter como haste palitos de picolés. Esse é um brinquedo que, para criá-lo e utilizá-lo, a criança terá estimulada sua criatividade, coordenação motora, imaginação e capacidade cognitiva.

4 – Cofrinhos

Se você está passando pela fase de estabelecer uma educação financeira para seu filho, começar de forma lúdica pode ser uma ótima escolha — e uma ótima forma de incentivar isso é ao fazer brinquedos em casa. Para isso, que tal criar com ele um cofrinho de brinquedo? Vocês podem usar: caixinhas, garrafas e outros recipientes. Deixe seu filho à vontade para criar e, assim, ele terá mais vontade de usar o objeto novo.

Não se esqueça que durante todo o processo de fazer brinquedos em casa, deve haver supervisão e auxílio dos pais.

Gostou das dicas? Quer entender também a importância dos brinquedos educativos? Então, clique aqui!