O fim da licença maternidade ou o aparecimento de uma proposta irrecusável para retornar ao mercado de trabalho. Estas são algumas das situações que colocam os pais no seguinte dilema: vou confiar em quem para cuidar dos meus filhos?

Contratar uma babá geralmente é a solução para esses casos. Entretanto, os pais devem ficar atentos a uma série de cuidados indispensáveis que se deve ter nesse tipo de contratação. Não sabe quais são? Então, continue a leitura! No post de hoje, vamos apresentar o que deve ser considerado ao contratar uma babá. Vamos lá?

1. Faça a checagem das referências profissionais

Algumas pessoas costumam se sentir mal ao estabelecer esse critério. Quando, na verdade, não há nada de errado em fazer uma checagem da atuação profissional de quem cuidará do seu filho durante a sua ausência. Por sinal, esse tipo de prática é perfeitamente comum, aceitável e recomendável!

Além disso, ao consultar as referências, você pode ter surpresas agradáveis, como recomendações excelentes. Afinal, nem sempre as babás deixam os empregos anteriores por motivos negativos ou problemas.

A partir das referências será possível confirmar se a profissional sabe lidar, na prática, com as diversas situações que podem acometer uma criança (refluxo, banho do bebê, cólicas, doenças, entre outros).

2. Verifique se a profissional possui formação adequada

Neste tópico estamos falando de dois tipos de formação. O primeiro, é a educação básica. Não é que exista escolaridade mínima para atuar na área. Entretanto, é imprescindível que ela saiba se expressar bem (e, talvez, auxiliar nas tarefas trazidas da escola). Lembre-se de que, a criança aprende observando os adultos ao seu redor.

O segundo tipo é a formação mais técnica. Existem diversos cursos para cuidadores de crianças. Se for possível, verifique se a profissional tem essa base. Esses cursos proporcionam conhecimento para:

  • Lidar com as diferentes fases da criança e as necessidades decorrentes de cada uma;
  • Estimular o desenvolvimento do bebê;
  • A importância das brincadeiras;
  • Noções de linguagem infantil e psicomotora;
  • Noções de segurança e prevenção de acidentes.

3. Exija habilidade para higienização e preparo de alimentos

A alimentação das crianças pede cuidado redobrado. Portanto, ao contratar uma profissional para cuidar do seu filho, estabeleça como critério que ela entenda a importância da rotina alimentar infantil e que saiba higienizar e preparar os alimentos de forma adequada. Certifique-se de que ela:

  • Entenda as consequências da má alimentação infantil;
  • Entenda a importância e o impacto da alimentação saudável no desenvolvimento das crianças;
  • Ajude a melhorar o comportamento das crianças à mesa.

4. Estabeleça limites (e lembre-se de que essa é uma via de mão dupla)

O casal, habitualmente, costuma estabelecer acordos para que a educação dos filhos aconteça sob certos parâmetros. É importante que a babá seja incluída nessa equação. Por exemplo, assim como a criança recebe recusa do pai e da mãe ao pedir um refrigerante, ela deve receber a mesma resposta da babá. Ao mesmo tempo, deve ser deixado claro que as regras para a educação da criança serão estabelecidas pelos pais.

É fundamental, também, que os pais enfatizem frequentemente que quando eles estiverem ausentes, ela é a responsável pela criança e pela casa.

Para que o relacionamento entre todos aconteça de forma harmoniosa, evite:

  • Repreender a babá na frente da criança — opte sempre por uma conversa franca.
  • Tratá-la desrespeitosamente, principalmente em sua ausência. Quando ela não estiver presente, não faça criticas ou ponha apelidos.
  • Não é ideal contradizê-la na frente do seu filho. Se você não estiver satisfeito com qualquer uma das práticas da babá, procure-a e converse separadamente.

Por fim, saiba que contratar uma babá perfeita pode ser um trajeto longo, mas necessário, para que seu filho tenha sempre segurança e bem-estar.

Gostou dessas dicas e quer continuar se mantendo informado sobre as possibilidades de proporcionar o desenvolvimento e o bem-estar do seu filho? Então, assine nossa newsletter!

Baixe nosso aplicativo (App) nas lojas Apple Store ou Google Play

Assine nossaNewsletter

Join our mailing list to receive the latest news and updates from our team.

You have Successfully Subscribed!